Páginas

domingo, 19 de maio de 2013

The Way of our love 9 "against Ryse"


AGAINST RYSE 
Eu vou embora na certeza de que não farei falta. De vez em quando eu olho pra trás pra ver se tem alguém pedindo pra eu voltar, mas nunca tem.
Caio Augusto Leite



Logo sai da casa dele, com a mesma roupa do dia anterior, mas com um sorriso incrível no meu rosto, eu não havia me despedido, apenas dei um beijo em seu rosto, mas não sei se ele percebeu, ele dormia profundamente, sem camisa, e com aquele físico exposto que me deixava sem ar... Fui pra casa o dia ia ser cheio...

-Lara? – falei entrando em casa
-Lou.. ise? – gaguejou, entendia o motivo...
-Oi Louise – ouvi Justin falar, mas não olhei pra ele, porque se eu olhasse, ele iria me ter por um segundo.
-Oi – falei seco enquanto passava por ele, e ia pras escadas.

Lara P.O.V

-Porque você não diz pra ela? – falei para Justin
-Não tem nada a dizer, eu... não sei o que eu sinto.
-Eu prefiro ela com você.
-Mas Ryan e eu somos amigos de infância?
-E daí? As coisas mudam, a culpa não será sua se ela gostar de você... Ele vai entender se for seu amigo.
-Mas ele não vai entender...



-Eu tenho um plano... –Contei tudo que tinha que falar pra ele, não tinha como não da certo...
-Fechado... – Ele aceitou tudo, e saio do nosso apartamento.
(...)
-O que você tanto conversou com ele? – perguntou mamãe
-Nada de mais... A proposta de fazer o ensaio ainda tá de pé? – mudei de assunto rapidamente
-Tá... conversa com Louise ela que sabe.

Eu subi onde Lou estava, ela estava linda, e mal podia esperar o que eu ia fazer com ela...

-Cuidado Lara – falou Lou
-Com o que?
-Com ele...
-Eu não preciso de cuidado, mas...
-MAIS O QUE? – gritou ela
-Te acalma, nada mais... Vamos?
-Você vai fazer um ensaio com seu amigo Justin... Liga pra ele...
-Vamos? Eu já falei com ele.
-Ta.
-Paramos pra almoçar no caminho perguntei.
 -Tá bem.

Louise P.O.V

Que merda, ela sabe de alguma coisa, ela deve pensar que eu sou a pessoa mais sem coração do mundo, e que amo brincar com o sentimento dos outros, mas não eu não trai Ryan, e não vou fazer isso, eu não sei se eu gosto dele, na verdade eu acho que gostaria que Justin fosse igual Ryan pra min...

-Louise? É aqui?
-É aqui sim...

Descemos do carro e logo na porta encontramos Justin cantando, tipo do nada, ele ta cantando com um monte de gente na porta da vogue... Meu coração disparou, ele cantava super bem, e era perfeito vê-lo cantando!!! 


Como ele era lindo... Ele se aproximou de onde eu e Lara estávamos, e a puxou, tipo ele puxou ela e começou a cantar pra ela, eu me senti no chão, me senti pisada e esmagada, claro que não era dever dele cantar pra min, até porque eu namorava o melhor amigo dele, mas eu não podia evitar o sentimento que eu tinha por ele.

-Oi meninas  - depois que ele terminou de cantar finalmente nos cumprimentou  e é claro que eu fui seca como sempre.
-Oi Justin – falou Lara, dando uma leve piscada pra ele, e eu li seu pensamento em “vou dá pra você”

Eu segui em um corredor esperando que os dois me seguissem também mas so vi Justin indo atrás de min...

-Ei – ele segurou em meu braço forte me puxou de uma vez – Aquilo era pra você!
-Porque você não para com isso? – Gritei de uma vez – Eu não entendo, o que você tenta fazer! Isso só acaba com a minha mente...
-Você não entendo que eu te amo... – Ele me deixou sem palavras eu não sabia que ele gostava mesmo de min, eu apenas achava que ele era um completa idiota incapaz de amar. – Eu gostei de você desde que derramei refrigerante em você...
-Mas eu to com Ryan... E eu não...
-Não o que? Eu sei que é recíproco tudo que eu sinto por você, ou então qual seria o motivo de você me tratar tão mal?
-O motivo? Te dou mil motivos!!! O 1º Aquele beijo que você me deu e foi embora? SE você não tivesse ido? Tivesse mostrado a cara? Poderia ter sido tudo diferente... Eu não quero magoar ninguém.
-Mas ou você me magoa ou magoa Ryan...
-Me deixa ir, depois eu penso – Eu sai de la, fui no banheiro adivinha fazer o que? Chorar.



Eu não podia chorar na frete dele, ele ia perceber que tudo que ele falou havia mexido comigo, na verdade eu não podia chorar por nada, eu não entendia o motivo das lagrimas, eu não queria chorar, mas as lagrimas caiam rapidamente, pelo motivo bobo, eu não consegui controlar, acho que isso me afeta  muito, então logo eu limpei meu rosto, limpe varias vezes, até parecer que eu era inquebrável  ajeitei meu cabelo que mais parecia um furacão, coloquei um sorriso no rosto e sai de lá.

-Pensei que fosse ficar ai o dia inteiro – falou Lara.
-Você esta bem? – falou Justin, será que dava pra notar as lagrimas na minha face? Bosta.
-Claro, nunca estive tão bem – menti – Vamos? Temos muito o que fazer!!

As fotos não ficaram nada alem de perfeitas. Eles pareciam a vontade com o espaço, e saiu um trabalho legal... Realmente Lara havia saído perfeita nas fotos, serio... Inveja no ar.


Já passava das 5, realmente demoramos muito lá, e mais uma vez Lara estraga meu dia chamando Justin pra ir lá pra casa, e ele aceitou, qual o problema dele,  e eu havia chamado Ryan pra ir lá, bitch.
-Vamos de taxi - falei pro Justin
-Não precisa, e to de carro.
-Amor? - Ryan se aprocimou enquanto eu brigava pra ir de taxi e me deu um beijo - eu te levo. 
-Vai lá pra casa né? -  falei e ele concordou com a cabeça.
-Leva Lara man - falou pra Justin, piscando pra ele com o intuito de dizer "pega ela" 

Justin P.O.V 
Ele sempre vai proteger a Lou, parece que ele sabe de alguma coisa e não quer admitir que sabe, ele não quer ser derrotado por min... não de novo, não por outra garota, mas eu não gostava de Sophie, ela era puta, agora Louise não, eu seria capaz de fazer qualquer coisa pela aquela garota, QUALQUER COISA. 

-Vamos Lara... - a abraçei, pra Ryan não perceber nada estranho no ar.
-Tchau vocês - Se despediu Lara. 
(...)
-Ela não quer terminar com ele - falei enquanto ligava o carro
-Ela quer... Ela só não quer magoa-lo eu conheço minha irmã, voce viu o sinal de tristeza em seus olhos ao sair do banheiro? 
-Eu vi sinal de choro, tenho medo de faze-la sofrer.
-Se você fizer ela sofrer eu quebro seus ossos entende? 
-Calma, eu vou fazer bem a ela, só não sei como ela esclareces o que sente por min...
-Uma noite de amor, uma noite unica, homem e mulher juntos, corpo a corpo, ela não vai resistir, até porque ontem ela dormiu na casa do Ryan, e não rolou. 
-Ela não vai querer..
-Tenta

Chegamos na casa delas, e logo subimos pro apart. Ryan e Lou estavam sentados no sofá com aquela besteirinha de casal, um fazendo fofuragem com o outro, e eu com dor de cotovelo por querer estar no lugar dele. 

-Oi Sra. Elenna - falei acenando pra "minha" futura sogra.
-Oi Justin - ela sorrio pra min

Cumprimentei os dois deitados, que quase me ignoraram e continuaram a ser bobos juntos e eu a ser o excluído .. Lara me levou pra cozinha, e ficamos conversado bastante, principalmente sobre a nossa carreira, alias isso distraiu meu pensamento... Eu falei da minha família pra ela, sobre meus irmãos e meu pai que me abandonou por um tempo, mas nem por isso eu deixei de ama-lo, acho que minha grande aliada ela  Lara eu confiava nela, e ela em min, me contou sobre tudo, até sobre o pai dela que morreu fazia uns 5 anos, e sobre o ex namorado da Louise que morreu em um acidente... Me fez conhecer melhor a Louise, e me fez perceber que eu não podia brincar com ela como eu ja havia feito com outras meninas... Eu me apaixonei mais pela Louise... 

Ryan P.O.V

-Vamos princesa, a sogra tá chamando - falei pra Louise.
-Ta bem - ela se levantou do meu colo e me puxou pra mesa.
-Bem Ryan, espero que suas intensões sejam boas com a minha filha... - Falou Elenna assim que me sentei... - Ela não tem pai, mais tem duas mães.
-É mesmo - completou Lara, me olhando com  cara de "eu te mato"
-Eu gosto mesmo dela...

O jantar serviu de um sermão pra min, elas protegiam mesmo a Louise, deve ser pela falta do pai que deveria protege-la. 
-Vamos sair? É meu ultimo dia aqui - Falou Lara
-Acho que deveríamos sair realmente - concordei
-Eu dirijo - Falou Justin

Justin, Louise e Lara desceram, enquanto eu fui trocar de camiseta porque a minha eu sujei completamente.

Louise P.O.V

Mais uma vez eu em uma situação constrangedora, entre a Lara que odeia o Ryan, e o Justin que tenta me tomar dele... Por favor me mate... 

-Pensou? -Justin me puxou pelo braço mais uma vez, serio, qual o problema dele com meu braço?
-Eu não tenho nada pra pensar....
-Ah não tem? É mesmo? - ele encostou seu rosto no meu e olhou-me profundamente, eu me via afogada em milhares de sentimentos, me vi em um mar, onde eu não sabia nadar, eu não tinha uma boia pra me salvar, onde eu tinha dois salva vidas, mas não recorria a nenhum



-VAMOS? - Falou Ryan todo animado, enquanto eu e Justin se separávamos rapidamente, eu acho que ele viu, se não ele não havia gritado. 

________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Estero que estejam gostando, e eu não postei na semana por falta de tempo pra digitar o capitulo e esse é o maior capitulo que eu fiz até agora haha. Bom, eu vou começar a usar meta de comentários pra postar os capítulos  então se você quiser que eu continue comente, como as visualizações do blog estão aumentando a meta vai ser um pouco mais alta.... E um detalhe, Ryse é ryan e louise. Assim que atingir a meta eu posto logo!!! Beijos /Bia @rcksjdrew  




6 comentários:

  1. OMG continua logo to doida pra ver o que qui vai acontecer omg nossa ta muito bom

    ResponderExcluir
  2. seria uma reviravolta doida se o ryan se apaixonasse pela lara e a lara pelo justin: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mas apesar da nossa querida maguinifica e linda lara ficar pra titia, continua ta lindo

    ResponderExcluir
  3. haaaaaaaaa ta mega perfect, povo comenta plizzz: continue;))

    ResponderExcluir
  4. Porr favorr tudooo q e mais sagradooo continuaaa....

    ResponderExcluir
  5. Ta muitoooo otimoooo bommm deliciaa etc continuaaaa

    ResponderExcluir
  6. continuaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir